PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Porto Seguro, 24 de Abril de 2014
Porto Seguro
+26°C

22/04/2014
por Miro
O trajeto da propina da Petrobras


 

 

Vamos tentar entender como funciona o trajeto da propina? Esta é apenas uma das formas usadas para despistar a Polícia Federal.

Na operação Lava Jato, realizada pela Polícia Federal há algumas semanas, que prendeu o doleiro Alberto Youssef, aquele do laboratório fantasma de viagra,  a PF interceptou mensagens de um tal LA cobrando dinheiro do doleiro.

Em determinada mensagem o tal LA informa o endereço onde era pra ser entregue uma quantia X em dinheiro. “302 N, Bloco H, Apartamento 603″.

O deputado federal Luiz Argôlo, ex-PP da Bahia, mora nesse endereço. Leia Mais

22/04/2014
por
Robério deve vir mesmo para deputado estadual

O casal é muito unido e é possível que Robério acaba saindo como candidato a deputado estadual

Ninguém me disse nada e não estou autorizado a garantir nada a ninguém, mas volto a bater na mesma tecla, pelo pouco que conheço do casal Oliveira: embora seu grande sonho seja ser deputado federal ou suplente de senador, algo me diz que o ex-prefeito Robério Oliveira deverá se lançar mesmo  a  uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado, o que se traduziria na morte súbita das pretensões do ex-prefeito Jãnio Natal. .

Os dois motivos que me levam a supor tal possibilidade são muitos simples e óbvios: para deputado estadual, Robério seria eleito praticamente sem precisar sair de casa, a um custo quase zero, já que sua eleição é reconhecida antecipadamente pelos seus próprios adversários.

A única possibilidade que poderia impedir a eleição do ex-prefeito seria algum problema  jurídico, o que, ao que tudo indica, não haverá, por motivos óbvios e que no momento não posso revelar aos leitores.

Quanto mais perto, para a prefeita melhor

E o segundo e principal motivo: além de poder fazer mais  pela região como deputado estadual, o ex-prefeito, considerado um semi Deus em Eunápolis – não consegue, por exemplo,  caminhar pela avenida Porto Seguro sem ser ovacionado a e abraçado por dezenas de eleitores -  conseguiria dividir com a prefeita Claudia a administração da cidade bem mais de perto, o que seria mais difícil com ele em Brasília.

Há quem aposte até que a prefeita já deu a sua palavra final; ou sai como deputado estadual ou não sai a nada. Enganam-se redondamente aqueles que acreditam que quem manda mesmo é ele. Assim como a maioria dos homens, Robério pode até dar a palavra final, “sim, meu amor”. O resto é conversa fiada. Aposto 10 x 1.

22/04/2014
por Miro
Novas ruas asfaltadas exigem quebra-molas e sinaleiras

 

 

O asfalto agradou a muita gente, mas falta sinaleira na esquina da praça São Sebastião.

Em que pese o asfaltamento  de algumas ruas centrais tenha agrado em cheio grande parte da população e motoristas, apesar da boa sinalização e a pintura das faixas de pedestres, a prefeitura deve atentar para dois aspectos fundamentais: com o asfalto, os quebra-molas das ruas Adelar Maria de Barros e Pitangueiras, por exemplo, já não surtem efeito algum, devendo ser novamente levantados para que os motorista diminuam a velocidade.

Outro ponto que tem deixado a desejar é a falta de sinaleiras, a exemplo da praça São Sebastião., esquina com a Adelar Maria de Barros e Mercado Pedro Abade, onde, com o asfalto, já passou da hora de se colocar um semáforo, Não há a menor dúvida de em breve acidentes passarão a caontecer.

Falando em praça  São Sebastião. A inauguração da mesma, já adiada por duas vezes, será que sai para o ano?  

22/04/2014
por Miro
Miguel Ballejo se diz consciente e bastante à vontade para apoiar a prefeita Cláudia Oliveira

 

Morador de Porto Seguro há quase 30 anos, eleito duas vezes vereador e por duas vezes vice prefeito, o atual secretário de Relações Institucionais, Miguel Ballejo, em recente conversa informal com o blog, disse estar muito à vontade e consciente ao fazer parte do governo e apoiar a prefeita Cláudia Oliveira, pouco se importando com críticas isoladas partidas de seus adversários.

“Não adianta me pressionarem para que eu faça um papel de oposição que não acho justo fazer. Sou morador de Porto Seguro há quase 30 anos, duas vezes vereador e duas vezes vice prefeito, acompanho e participo ativamente da política local e posso garantir que nunca se trabalhou tanto numa prefeitura como a atual administração está fazendo. Como ser contra todo este trabalho?

 Ora, eu quero o bem da cidade e não vou desejar o insucesso da prefeita ou o retrocesso político apenas para atender a vontade de alguns grupos isolados. Eu quero ver Porto Seguro crescer e se desenvolver e, confesso, nunca vi um ritmo de tanto trabalho, obras e projetos, como tem acontecido com a prefeita Cláudia Oliveira. Se minha posição desagrada a alguns, infelizmente não posso ir de encontro aquilo  que vejo e presencio diariamente”, destacou Miguel.

22/04/2014
por
Conta de energia na Bahia terá reajuste médio de 15,35% a partir desta terça

 

Conta de energia na Bahia terá reajuste médio de 15,35% a partir desta terça
Foto: Evilásio Júnior / Bahia Notícias
 
A cobrança de energia feita pela Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba) será reajustada a partir desta terça-feira (22) com efeito médio de 15,35%. A alteração será sentida pelos consumidores na conta do mês de maio. O reajuste foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Para os conectados à alta tensão, o reajuste será de 16,04%. Já os consumidores ligados à baixa tensão, como os residenciais, o aumento será de 15%. De acordo com a Aneel, o principal componente do reajuste foi o gasto com a compra de energia, que aumentou 7,68% em relação ao processo tarifário anterior. A Coelba atende a 5,4 milhões de unidades consumidoras no estado.  
17/04/2014
por Miro
Caso da médica e do radialista deve servir de reflexão

 

A serviço de um ex-prefeito ficha suja, o radialista tem sistematicamente cometido crimes de injúria, calúnia e difamação contra os adversários políticos pessoais do seu chefe.

O caso envolvendo a médica Henriene Schneider é emblemático e deve servir de reflexão para todos, sobretudo para os médicos e profissionais da imprensa.

Para os médicos, no sentido de que o fornecimento indiscriminado de atestados médicos é prática corriqueira em nossa cidade, muitas vezes ludibriando a Justiça e, na maioria delas, gerando graves consequências aos empregadores, já que muitos profissionais da área da saúde emitem atestados desnecessários.

Já para os profissionais de imprensa, fica o exemplo de que a arte de caluniar, denegrir e difamar as pessoas, apenas pelo prazer de agredir - o que difere da denúncia, como estamos fazendo neste caso - é prática abominável. Um dia a casa cai.

 Foi o que está a acontecer agora com o famoso Gabiru, sujeito que se presta ao triste papel de lançar sistematicamente inverdades à opinião pública, distorcendo fatos, manipulando informações e incitando a população a acreditar nas muitas mentiras que ele e o ex-prefeito ficha suja proferem na rádio palanque, muitas vezes entrando na vida pessoal das pessoas de forma absolutamente irresponsável.

Criticar e fazer política é até aceitável. O que não se pode mais tolerar são ataques levianos e infundados contra as pessoas.

A casa de Gabiru caiu. A Justiça tarda mas não falha. Ouça AQUI o radialista dançando "molinho, molinho".

17/04/2014
por Miro
Vídeo e aúdio confirmam crimes praticados por médica e radialista

NOTA: A pedido de uma das partes envolvidas no episódio, o vídeo foi retirado da matéria. Mas ouça, clicando AQUI, o áudio do vídeo. 

A médica Henriene Schneider possui um histórico de  problemas com a Justiça no exercício da sua profissão.

Dando sequência ao caso envolvendo a médica Henriene Schneider Ruy e o radialista Antonio Fernando Freire da Silva, vulgo Gabiru, acerca da emissão e da apresentação de um possível atestado médico falso, expedido e apresentado com o intuito de ludibriar a Justiça em processo judicial em que aparecem como réus o ex-prefeito Ubaldino Júnior e o radialista, um vídeo acaba de chegar à redação do Topa Tudo News, deixando claro, de forma cabal e inequívoca, que a médica realmente emitiu atestado falso em nome de Gabiru.

Não bastasse a informação oficial da direção do Hospital Deputado Luis Eduardo Magalhães, encaminhada ao juiz Rodrigo Bonatti, no sentido de que o radialista não foi atendido no setor de emergência no dia atestado pela médica, o vídeo mostra duas recepcionistas confirmando o fato.

Segundo uma das recepcionistas, após ter feito pesquisa e ter consultado uma certa pessoa, provavelmente alguém ligado à coordenadoria dos plantões médicos, ela afirmou  ter "certeza de  que a doutora Henriene não estava de plantão", chegando ao ponto de afirmar "Oh, dó, a doutora Henriene aqui de plantão às 9 horas da manhã?", rindo da possibilidade, conforme registra o vídeo.

Caso é gravíssimo e Justiça deve punir com rigor

Como se observa, o caso envolvendo a médica Henriene e o radialista é gravíssimo, sendo dada como líquida e certa a punição de ambos. Ela por ter emitido o atestado falso e ele por ter se valido do mesmo para praticar uma fraude processual, estando os dois incursos nos crimes elencados pelos artigos 302 e 304 do Código Penal, respectivamente, cuja pena prevista é de um mês a um ano de detenção. A médica também deverá ser punida pelo Conselho Regional de Medicina.

Aúdio também confirma fraude

Se isso tudo não bastasse, um áudio confirma que o radialista trabalhou normalmente no dia 28, não apresentando nenhuma rouquidão ou dificuldade de fala, conforme atestado pela médica. Pelo contrário, em seu programa o radialista, de forma irônica e sarcástica,  disse que estava ensaiando  para dançar o "molinho, molinho", na noite do aniversário do seu chefe, e que aconteceu mesmo dia, no Baianão. Clique AQUI e ouça o radialista trabalhando e zombando da Justiça  no dia 28.

Histórico

Não é a primeira vez que a médica Henriene Schneider se vê às voltas com a Justiça e no exercício irregular ou omissivo da sua profissão. Segundo informações extra-oficiais, a médica teria sido supostamente negligente em diversos casos.

Entre eles podemos destacar um grave problema com o juiz André Strogenski, que teria há algum tempo atrás passado mal e a médica teria se omitido em seu atendimento - estava dormindo no momento e teria se negado a atendê-lo -   fato que resultou em um processo contra a mesma, no qual a médica, chorando muito e dizendo-se arrependida,  fez uma transação penal. O juiz do caso foi o falecido Márcio Monte ´Alegre.

Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde deve concluir nos próximos dias o resultado do processo administrativo que apura a morte de um turista, quando a médica, de plantão no SAMU, teria negado atendimento, com o turista vindo a morrer, apesar do apelo ter sido feito pela própria Polícia Militar. O fato vem sendo apurado também em Inquérito Policial pela Polícia Civil e são grandes as chances de que ela venha a responder por omissão de socorro, com a pena sendo triplicada pelo fato da omissão ter resultado em morte.

Omissão de socorro também é crime

O assunto  da suposta omissão de socorro praticado pela médica está disposto no artigo 58 do Código de Ética Médica, pelo qual veda ao médico “deixar de atender paciente que procure seus cuidados profissionais em caso de urgência, quando não haja outro médico ou serviço médico em condições de atendê-lo”. A vedação se aplica especialmente aos casos de recusa do médico em atender ao paciente ou hospital ou ser ele um profissional exclusivo na especialidade exigida.

O Código Penal dispõe, ainda, no artigo 135, que ocorre o crime de omissão de socorro “deixar de prestar assistência, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, à criança abandonada ou extraviada, ou à pessoa inválida ou ferida, ao desemparo ou em grave ou iminente perigo; ou não pedir, nesses casos, socorro da autoridade pública.” É o chamado crime omissivo puro, de perigo e violação de uma obrigação jurídica de agir. A omissão é dolosa quando existe a vontade consciente ou manifesta de não dar assistência.

15/04/2014
por Miro
Líder do governo diz que cobranças de religação de água e de luz são ilegais

 

 

 

O líder do govern junto à Cãmara de Vereadores, edil Evaí Fonsêca,  tem recebido, segundo ele,  constantes queixas de moradores, referente à continuação da cobrança das taxas para religação de água e luz cobradas pelas concessionárias Embasa e Coelba, em Porto Seguro.

Diante das cobranças, Fonseca enviou ao Promotor Público, Dr. Wallace, cópia da Lei Municipal nº 652/06, de 17/11/2006, que dispõe sobre a proibição dessa cobrança, sendo o  vereador vem pedindo providências enérgicas desde 2012 (vide matéria publicada no site www.evaifonseca.com – “Cobrança de taxa de religação de água e luz é ilegal”).

“Já existem várias ações tramitando na Justiça contra estas duas empresas, e houve pessoas que já ganharam a ação por conta do descumprimento da Lei”, informa o vereador.

Segundo Evaí “é um direito adquirido de todos os moradores do nosso município e a orientação que tenho dado a todos que se sentem prejudicados, é que procurem o Ministério Público, pois a Lei está em vigor e precisa ser cumprida”, orienta o Vereador.

15/04/2014
por Miro
Médica que emitiu atestado falso e radialista podem pegar até um ano de detenção

 

Diante da recente descoberta de que a médica Henriene Schineider Ruy teria fornecido um atestado médico falso em favor do radialista Fernando Freire, vulgo Gabiru, com o intuito do mesmo procrastinar a um  processo a que responde por calúnia, injúria e difamação, novas informações, ainda que extra-oficiais, começam a chegar à este escriba, as quais serão fruto de apurada investigação para serem publicadas como verdades.

Para quem não a conhece, a fama da referida médica de vem de longe: ela já teria sido secretária de Saúde de Medeiros Neto, intimamente ligada à família Pinto – sobretudo ao ex-deputado Uldurico Pinto – e, alertam alguns colegas, desde o ano de 2003 vinha se prestando a emitir vários atestados médicos falsos em favor do  ex-prefeito Ubaldino Junior, com o objetivo de adiar seus depoimentos nos inúmeros processos cíveis e criminais  a que responde, como forma de retardar as ações judiciais e evitar a sua punição.

Ela também  tgeria sido a responsável, recentemente, pela morte de um turista, quando atendia pelo SAMU e se recusou a atender a uma solicitação feita PM, omitindo socorro à vítima, e que acabou por falecer, fato que originou  um inquérito policial, atualmente em trâmite na Delegacia de Polícia.

De quebra, a referida médica seria, dizem,  a informante de Ubaldino, de dentro do SAMU, sobre tudo o que se passava na unidade local. O espaço encontra-se aberto à médica caso ela queira se manifestar sobre as acusações.

Crimes são graves

Embora de menor potencial ofensivo, os crimes praticados pela médica  e pelo radialista – já que o HDLEM garante que o radialista não foi atendido naquela unidade e a médica se encontrava de licença maternidade desde 21/10/2013 – estão previstos no Código Penal Brasileiro. Diz o CPB que os crimes praticados por ambos são:

Pela  médica

“art. 302 – Dar o médico, no exercício da sua profissão, atestado falso:

Pena – detenção, de 1(um) mês a 1(um) ano.
§ único – Se o crime é cometido com o fim de lucro, aplica-se também multa

Referido crime descrito no artigo 302 do Código Penal, é considerado crime próprio já que só o médico pode pratica-lo.

Neste sentido, vale frisar que terceiro pode participar da conduta criminosa, mas só o médico será responsável pela pratica da conduta do núcleo do tipo.

Este delito consuma-se com a simples entrega do atestado falso, já que a conduta típica é “dar”.

Pelo  radialista

Art. 304 - Fazer uso de qualquer dos papéis falsificados ou alterados, a que se referem os arts. 297 a 302:

Pena - a cominada à falsificação ou à alteração.

Cremeb também deve punir médica

Por sua vez, o Conselho Regional de Medicina, em seus estatutos, veda tal prática, nos seguintes termos:

Artigo 110 - É vedado ao médico: fornecer atestado sem ter praticado o ato profissional que o justifique, ou que não corresponda à verdade. A infração a este artigo tem sido motivo de abertura de muitos processos ético-profissionais em todos os Conselhos do Brasil. Atestado médico é o instrumento utilizado para afirmar a veracidade de certo fato ou existência de certa obrigação. É o documento destinado a reproduzir, com idoneidade, uma certa manifestação de pensamento. Assim o atestado médico presta-se a consignar o quanto resultou do exame por ele feito em seu paciente, sua sanidade e suas consequências.  

Além de constituir grave infração aos postulados éticos da profissão, o fato de fornecer atestado médico sem ter exercido ato profissional que o justifique, ou que não corresponde à verdade, infringe a legislação penal no crime de FALSIDADE DE ATESTADO MÉDICO, assim estipulado no art. 302 (trezentos e dois): “dar o médico, no exercício da sua profissão, atestado falso”. Pena: detenção de 1 (um) mês a 1 (um) ano.

O atestado médico apresentado pelo radialista e emitido pela médica é absolutamente falso, segundo a direção do próprio HDLEM

ESTÚDIO BAND - AO VIVO



PUBLICIDADE TRÁFICO NA MIRA
Nova coordenadora da 23ª Coorpin aponta combate às drogas comoprioridade
CLASSIFICADOS
BUSCAR NOS CLASSIFICADOS






Hora da Biriba dia 14 de Abril de 2014 - Miro fala sobre o grave acidente da BR 367, quando um motorista do transporte alternativo despencou de uma altura de 5 metros, quase causando uma tragédia.


HORA DA BIRIBA dia 07 - de Abril de 2014 Secretário de Obras e gerente da Embasa falam sobre erosão na BR-367, recuperação da rede e restabelecimento do fornecimento de água e outros serviços, além da regularização do trânsito no local.


Passando a Limpo # 17-04-2014 MIRO RESPONDE A ATAQUES NAS REDES SOCIAIS EM RETALIAÇÃO ÀS DENÚNCIAS FEITAS POR ELE CONTRA MÉDICA E RADIALISTA, POR ATESTADO FALSO.


PASSANDO A LIMPO # 15-04-2014 Miro denuncia a medica Henriene Schineider Ruy por ter emitido atestado médico falso em favor do radialista Fernando Freire, vulgo Gabiru,


BAND NOTICIAS # 17-04-2014 O PROGRAMA DESTACOU EVENTOS COMEMORATIVOS DA SEMANA DO DESCOBRIMENTO EM PORTO SEGURO E A EVOLUÇAÕ DAS NEGOCIAÇÕES PARA FIM DA GREVE DA PM BAIANA.


BAND NOTICIAS # 14-04-2014 SUPERINTENDENTE DE SEGURANÇA E DEFESA CIVIL, COL SORTIR TONI, FALA SOBRE WHORKSHOP COM ABORDAGEM DO TEMA, ATRIBUIÇÕES DO ÓRGÃO E ATUAÇÃO NA REGIÃO.


PUBLICIDADE
ENQUETE
O Carnaval Prolongado deve ser mantido pela prefeitura?

Sim
Não

     

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VERSÃO ANTERIOR
- Rede Topa Tudo
- Blog do Miro