PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Porto Seguro, 24 de Outubro de 2014
Porto Seguro
+26°C

23/10/2014
por Miro
Tolerância não se confunde com insubordinação

 

 

Quando digo que existem pastores metendo os pés pelas mãos, ao pularem dos seus púlpitos para os palanques, não faço exageros e nem ataques gratuitos. Apenas relato os fatos tais quais eles são e se apresentam.

Foi o que se deu mais uma vez ontem, com o sempre famoso pastor e apóstolo Ronilton   Willian, secretário do prefeito Neto Guerrieri, e que provavelmente deve ter confundindo a liberalidade do prefeito vizinho no primeiro turno das eleições  com a afrontosa insubordinação da sua parte neste segundo turno.

Ora, quem não está satisfeito com o chefe ou as regras do jogo político, que passe a régua, pegue seu boné e siga sua vida. Ninguém é insubstituível. O que não pode é o secretário  achar que manda mais do que o prefeito.

Balaio de gatos

Falo isso porque estava agendado para esta quinta-feira, em Eunápolis, uma reunião entre o prefeito Neto e o deputado Robério Oliveira, juntamente com Otto Alencar e Rui Costa, com os pastores da cidade, em torno da candidatura da presidente Dilma Rousseff, e que foi transferida para o próximo sábado, juntamente com as caminhadas e as carreatas, em virtude das más condições de vôos entre Salvador e Porto Seguro.

Até aí, normal. Todos sabem da aliança política e das boas relações entre as administrações das duas cidades, o futuro governo de Rui Costa e Otto Alencar, bem como a linha e compromissos que unem as cidades e a região com o governo federal, embora o prefeito Neto, verdade seja dita, ao contrário dea prefeita Cláudia Oliveira - que permitiu no máximo que alguns secretários apoiassem outros candidatos alinhados com ela e os governos estadual e federal -  tenha deixado seu secretariado virar um verdadeiro balaio de gatos, ao permitir o desalinhamento em torno de diversas candidaturas  no primeiro turno, quando teve secretário que apoiou Paulo Souto, Geddel, Aécio, Marina e diversos outros candidatos a deputado estadual e federal sem o menor compromisso ou laços com a cidade região.

Foi, dizem, um verdadeiro Deus nos acuda,  com cada secretário mais atento aos seus interesses pessoais e  umbigos do que  atentos aos interesses do prefeito, da cidade e da região.

A indisciplina  do pastor

Só que o pastor Ronilton parece que exagerou e que não entendeu direito o seu papel de simples secretário municipal, bateu na mesa e, dizem, conseguiu desarticular  e cancelar  o encontro político entre o prefeito, suas lideranças políticas e os pastores, marcado para hoje, sob a alegação de que o seu candidato seria Aécio Neves, partindo, segundo uma fonte cristalina e insuspeita, para uma acirrada e forte discussão com o prefeito Neto Guerrieri, e que teria recebido um recado de Rui Costa no sentido de que ele, como prefeito,  não poderia jamais  permitir tamanha ingerência e insdiciplina de um mero secretário em sua administração e em seus compromissos políticos.

Segundo o futuro governador Rui Costa, o combinado nunca foi caro. E ele tem absoluta e total razão ao cobrar isso do prefeito Neto Guerrieri, diga-se de passagem. O inimigo não pode dormir ou trabalhar ao lado e ainda receber por isso. Quem conhece a vida pública e o significado de um cargo de confiança sabe como são as regras. Aceita e se submete a elas quem quer.

Pede pra sair

Não se sabe até o momento a possível decisão que deverá ser tomada pelo prefeito vizinho em relação ao pastor Ronilton, vítima que foi de uma situação no mínimo constrangedora, perante o governo estadual e federal, criada pelo seu intrépido secretário. Sabe-se apenas que atitudes deste tipo são dignas no mínimo de exoneração sumária.

Já tem inclusive gente dizendo, “pede pra sair, pastor Ronilton”.  Pelo menos é o que se espera de quem usa a Palavra de Deus para fazer política,  mas esquece o respeito e a submissão às nossas autoridades constituídas.  

A porta da prefeitura sempre foi, é e será a serventia da casa  para os insatisfeitos. Nem sempre um bom pastor se revela um bom político. O pastor Ronilton que o diga.

21/10/2014
por Miro
Miguel quer o que mesmo na Câmara?

 

Realmente não consigo entender e tampouco imaginar o que tem levado o vereador Miguel Ballejo a querer voltar para a Câmara de Vereadores. Mas, como sou seu amigo, conterrâneo, eleitor e admirador de Miguel, sinto-me no direito de questioná-lo.

Em que pese seja um homem de conduta ilibada, sensato, ponderado e não afeito a falar bobagens – entendeu, Danilo? – verdade é que a volta de Ballejo não combina com a sua maneira de ser e de fazer política. Miguel é um político burocrático. Fazer o quê na Câmara, ser importunado por uma ruma de pedidos que ele mesmo sabe não ter condições de atender? Perder o status de secretário para virar assistencialista? Não combina. Não tem nada a ver.

O trabalho de Luis André

Por outro lado, não podemos deixar de lembrar o relevante e incansável trabalho que vem sendo realizado pelo seu suplente, o Luis André, cuja dedicação, lealdade  e amor à causa pública o colocam acima de qualquer suspeita.  Luis realmente tem sido uma grata surpresa, com seu jeito sempre  simples e popular. Tivessemos mais  cinco vereadores iguais ao Luis André nossa cidade poderia ser ainda melhor. .

Enfim, penso que o retorno de Miguel em nada acrescerá sua trajetória política. Perde a prefeitura, perde Miguel, perde Luis André e, principalmente, perde Porto Seguro. A única a ganhar com isso será a oposição.

Hora de Miguel refletir com seus botões sobre o seu desejo e pensar mais na cidade.  

21/10/2014
por Miro
Prefeita Cláudia Oliveira deverá entregar no mínimo 4.000 casas populares até o final da sua administração

A prefeita ladeada pelo deputado Robério Oliveira, pelo ministro Gilberto Occhi e pelo presidente da Câmara Paulinho Toa Toa, conseguiu mais 1.500 casas populares para Porto Seguro.

 

 

Para desapontamento daqueles que torcem contra o sucesso e o desenvolvimento da nossa cidade – e eles, por incrível que pareça,  ainda existem – com a ordem de serviço de mais 1.500 casas populares, assinada pelo Ministro das Cidades, Gilberto Occhi, pelo governador Jaques Wagner e pela prefeita Cláudia Oliveira, na última sexta-feira, somadas as outras 2.500 unidades habitacionais já entregues pelo seu governo,  4.000 novas moradias estarão favorecendo as classes de baixa renda.

 

 

E, segundo a prefeita, em entrevista concedida a este escriba, novas casas e projetos serão encaminhados à Brasília, visando cobrir um déficit habitacional enorme, fruto, em grande parte, das invasões proletárias e eleitoreiras  que se iniciaram no governo do ex-prefeito Baiano, cujos resultados e custos catastróficos hoje são pagos pela população, sobretudo com relação à segurança pública.

E tem gente que anda tem a coragem de fechar os olhos e falar mal da prefeita. Santa ingenuidade. Seria cegueira, ódio, falta de boquinha  ou burrice mesmo?

21/10/2014
por
Em nova pesquisa, Dilma aparece com grandes chances de reeleição

 

Sei que a expectativa é muito grande e que os ânimos e paixonites agudas se acentuam nesta reta final da campanha presidencial. Mas, pelo sim, pelo não, verdade é que a presidente Dilma, ao que tudo indica, deverá ser reconduzida ao cargo por mais 4 anos.

Pelo menos é o que revela a pesquisa Datafolha, divulgada ontem, segunda-feira, onde ela aparece tomando a dianteira da disputa presidencial. De acordo com a nova pesquisa,  em menos de uma semana a presidente cresceu em todos os segmentos do eleitorado, exceto entre os eleitores mais ricos e habitantes da região Sul. Mas, ainda segundo a pesquisa, nada se compara aos 5 pontos percentuais conquistados por Dilma no Sudeste, onde ela concentrou esforços nos últimos dias. Dilma cresceu principalmente entre os jovens e integrantes da classe média.

Aécio, ainda segundo os dados, demonstra tendência oposta – perdeu em vários estratos, especialmente nos níveis médios de escolaridade e renda.

Ao combinar ensino médio e renda familiar de até 5 salários mínimos,  características que marcam o estrato, Dilma alcança 53% dos votos válidos, ante 47% de Aécio.  Na pesquisa da semana passada,  essas taxas correspondiam a 48 e 52% respectivamente. Houve, portanto, uma inversão nas intenções de votos nesse segmento que representa a maior fatia do eleitorado, 35%.

Clique AQUI e veja o resultado da pesquisa do Datafolha, encomendada pela Folha de São Paulo.

 

 

 

16/10/2014
por Miro
Evaí Fonseca: uma possível presidência mais do que merecida

O vereador tem demonstrado uma grande parceria e confiança no trabalho da prefeita Cláudia Oliveira.

Embora o presidente Paulinho Toa Toa venha fazendo um trabalho irrepreensível, com a possibilidade de não ser aprovada novamente a reeleição para a presidência da Câmara de Vereadores, o que parece, ao menos a princípio,  um tanto quanto  difícil, o nome mais forte e provável a suceder o atual presidente, segundo fonte de bastidores, seria o do vereador Evaí Fonseca, líder do governo, e que tem feito um relevante trabalho junto ao Legislativo.

E quando falo do vereador Evaí, não lhe teço elogios gratuitos. Se é alguém, fora Paulinho, que realmente tem vestido a camisa do atual do governo, trabalhando sempre em torno da união do grupo, com sensatez e ponderação, este vereador, indiscutivelmente,  tem sido Evaí.

Postura clara e ética

Isso sem falar, é claro, na postura sempre clara e ética que o edil vem mantendo com a comunidade e seus eleitores desde a sua primeira eleição, quando, briosamente, e absolutamente sozinho, demonstrou ser um vereador corajoso e compromissado com as causas populares.

É de Evaí, também, uma das mais significativas conquistas para a nossa cidade, através da construção da sede recreativa do Sesc, cujos benefícios para  Porto Seguro se perpetuarão para sempre em nossa cidade.

Por tudo que já fez, ainda faz e certamente mais fará, a eleição do vereador como o próximo presidente da Casa seria , acima de tudo, um ato de justiça ao seu trabalho e as causas que corajosamente abraça.

Triste mesmo é saber que já existe vereador propondo dinheiro aos colegas para tentar puxar o tapete de Evaí, cujo nome em breve será declinado pelo blog. Vergonhoso. Como diria a Marina Silva, só pode ser a ânsia do poder pelo poder.  Lamentável. Muito lamentável.

Grupo é grupo

Outro fator importante a ser lembrado é que política é grupo e ninguém mais do que Evaí tem se mostrado ser um vereador de grupo, mesmo fiel aos seus princípios, ao contrário do vereador que tenta lhe puxar o tapete com propostas espúrias aos colegas, e que nunca foi grupo, limitando-se a dimensionar a vida pública aos seus interesses pessoais.

15/10/2014
por Miro
Caso Rielson exige uma solução por parte da Polícia Civil

O delegado garante que o crime será esclarecido em 100%, mas até o momento nenhuma prisão foi efetuada.

Completando 75 dias após o bárbaro assassinato que ceifou a vida do ex-prefeito de Itagimirim, Rielson Lima, moradores, amigos e familiares clamam pelo esclarecimento do crime e a prisão dos culpados, conforme ato realizado no último domingo e que mobilizou centenas de pessoas.

Embora o delegado Elvio Brandão garanta que a polícia já tem o crime esclarecido em grande parte, garantindo, inclusive, a elucidação  do mesmo em 100%, Itagimirim, conforme pude presenciar pessoalmente, em contato com diversos moradores, hoje é uma cidade acuada pelo clima de medo, dor  e insegurança.

Cidade vive com medo

“Desde que mataram o prefeito, a cidade mudou e perdeu a sua graça. Morar aqui tem sido um suplício para todos nós. O pior é que a gente tem quase 100% de certeza de quem foram os responsáveis e eles andam soltos por aí, dando risadas, como se nada tivesse acontecido. Está na hora da polícia prender estes bandidos cruéis e que mandaram matar um pai de família honesto, bom e honrado. Hoje a gente fica até com medo de andar pelas ruas,  pois nunca sabemos quem poderá ser a próxima vítima desta quadrilha que se instalou em nossa cidade. Clamamos  ao delegado Elvio que aponte e prenda logo os culpados, porque a revolta e a dor da cidade é muito grande”,  fala uma moradora e que, com medo, pede para não ser identificada.

Verdade é que a cidade vive hoje assombrada. Tanto isso é verdade que, conforme os leitores poderão constatar, nenhum morador ouvido por nossa reportagem quis se identificar, só se manifestando diante da promessa que teriam suas vozes alteradas em nossa reportagem.

Com a palavra o delegado Elvio Brandão.

Clique e ouça AQUI o depoimento de alguns moradores e que exigem justiça no caso  Rielson Lima. A reportagem completa sobre o caso e os depoimentos dos moradores irá ao ar nesta quarta-feira, 15, a partir das 11 hs na rádio Brilho do Sol 104,9 (www.fmbrilhodosol.com) e partir das 13 horas pela Band FM 96,3 (www.estudiobandnoticias.com.br)

14/10/2014
por Miro
Robério obtém nova vitória na Justiça e TSE confirma sua eleição para deputado estadual

O deputado foi recebido por uma pequena multidão de amigos e eleitores no aeroporto na manhã desta terça-feira.

Definitivamente, por decisão prolatada no dia de ontem pelo Ministro-relator do Tribunal Superior Eleitoral,  Henrique Neves da Silva, a campanha orquestrada pelos adversários políticos do ex-prefeito Robério Oliveira terminou, através da improcedência da ação movida pelo radialista João Alcides e pelo Ministério Público da Bahia, e que visava indeferir o registro da sua candidatura.

Foi, sem dúvida alguma, mais uma significativa vitória do deputado e uma estrondosa derrota dos grupos políticos de Porto Seguro e Eunápolis , e que  por muitos anos tem tentado derrotá-lo na Justiça, já que nas urnas todas as tentativas se mostraram infrutíferas.

Entenda o caso

A ação era baseada em dois argumentos absolutamente inconsistentes, conforme cansamos de adiantar aos leitores e de desafiar àqueles que acham que sabem tudo da Justiça brasileira e do nosso ordenamento jurídico.  Vamos aos fatos.

O primeiro seria em relação à decisão do STJ, que julgou prescrita a condenação do ex-gestor, em virtude de uma suposta publicidade institucional ilegal em uma revista. Aliás, sobre esta decisão nem vou me alongar, uma vez que ela foi extremamente bem fundamentada pela ministra  Marilza Maynard, e que entendeu, baseada em jurisprudência mansa e pacífica, que o processo estava prescrito e que o Estado não poderia impor tal condenação ao ex-prefeito, uma vez que o MP ajuizou a ação com 4 anos e oito meses após o fato, quando teria que ajuizar com no máximo 4 anos. Se houve algum erro neste caso, é bom que se esclareça que foi do Ministério Público de Eunápolis.

Assim posto, segundo o ministro Henrique Neves,  o pedido de indeferimento da candidatura não se adequava ao pretendido por João Alcides e pelo Ministério Público da Bahia. Ponto pacífico e final. A decisão é definitiva e não cabem novos  recursos.

Até os principiantes do Direito já sabiam

Outra linha de raciocínio tentada pelos advogados do radialista e pelo MP foi no sentido de que o Tribunal de Contas dos Municípios havia opinado pela rejeição das contas do ex-prefeito. Uma tentativa, diga-se de passagem, até mesmo hilária, eis que o TCM emite apenas um parecer prévio, cabendo à Câmara de Vereadores a palavra final, pela rejeição ou aprovação das mesmas, sendo que, segundo documento juntado ao processo, a  Câmara de Eunápolis votou pela aprovação de todas as contas do hoje deputado.

Desta forma, o Ministro Henrique Neves entendeu que a ação movida era totalmente improcedente, garantindo definitivamente a Robério a  condição de deputado estadual eleito, com todos os seus direitos políticos sendo preservados.

Aliás, como o deputado estadual com maior votação do Extremo Sul da Bahia.

Ouça,  clicando AQUI, a entrevista concedida nesta manhã por Robério Oliveira à Band FM e à Rádio Brilho do Sol, ocasião em que foi recebido por um grande número de amigos, eleitores e simpatizantes no aeroporto de Porto Seguro.

Veja abaixo a decisão do Ministro:

 

 
09/10/2014
por Miro
Eleição de Jânio Natal não deve trazer nenhum benefício para Porto Seguro

 

Pelo praticamente nada que fez, a votação de Jânio Natal por bairros e distritos demonstra a falta de inteligência e lógica de muitos eleitores.

 

Alguns poderão até imaginar que se trata de política ou implicância do blog para com o ex-prefeito Jânio Natal. Garanto a todos que não é. Falo baseado em números, obras e emendas parlamentares destinadas à nossa cidade e região nos últimos quatro anos, quando, como deputado federal, o hoje deputado estadual Jânio Natal não realizou um único projeto ou destinou um real sequer de recursos à alguma obra ou entidade assistencial.

Realmente não dá para entender, por mais que a gente se esforce ou tente, o que leva uma cidade a despejar, certamente  na lata do lixo, 9.686 votos num candidato totalmente ausente e inoperante, em termos de atuação parlamentar, em favor do município. Só para que o leitor tenha uma ideia, até mesmo na composição do seu gabinete em Brasília, Jânio não empregou uma pessoa sequer de Porto Seguro, tendo todos os seus assessores, indistintamente, sido escolhidos em Salvador.

Emendas suspeitas

Enquanto para Porto Seguro um real ou um projeto sequer foi elaborado, para a cidade de Coco, com seus 18.486 habitantes,  localizada na divisa da Bahia com Minas Gerais, o deputado destinou quase 2 milhões de reais de emendas suspeitas.

E assim Porto Seguro vota, esperando não se sabe ganhar o quê com isso. Depois querem asfalto, infraestrutura, saúde e educação, mas, na hora de fazer a opção certa, votando naqueles que realmente poderiam trazer tais benefícios, apostam no pior. Vão chorar e reclamar a quem depois?

É óbvio que Porto Seguro não pode esperar nada de Jânio Natal, como deputado estadual, aquilo que ele não realizou como prefeito ou como deputado federal. Santa ingenuidade. Tem gente que realmente gosta de sofrer. E depois ainda acha que Deus é ruim ou injusto.

Enquanto nenhum real de emendas parlamentares foi enviada para Porto Seguro, o deputado Jânio Natal destinou quase 2 milhões de reais para cidade de Coco, de 18.000 habitantes, localizada na divisa com Minas Gerais.

09/10/2014
por Miro
Família Pinto mostra que continua com uma média de menos de 20% do eleitorado

Eleito o deputado federal mais jovem do País, e obtendo em nossa cidade a marca de   9.454 votos, dos quais 2.162 foram sufragados no Complexo Frei Calixto e outros 1.471 no Arraial d´Ajuda, a eleição do candidato  Uldurico Júnior, ao contrário do que alguns mais apaixonados imaginam, revela, de um certo modo, mais declínio do que ascensão política do grupo, ao se situar na média de menos de 20% do eleitorado votante - votaram em torno de 59.000 eleitores - o que vem sendo mantido nos últimos pleitos, à exceção da eleição para prefeito, onde um vídeo criminoso foi usado como massa de manobra para enganar boa parte do eleitorado.

De qualquer forma, a família Pinto, em que pese os velhos métodos sempre utilizados, que vão desde à panfletagem apócrifa e difamatória à prática de boca de urna e ao  abuso dos meios de comunicação  e de outros diversos crimes eleitorais, associados ao uso de partidos de aluguel para alcançar coeficiente eleitoral, vai mostrando como a população local, sobretudo a que não possui esclarecimento ou discernimento, se deixa levar por discursos e promessas que na realidade não se concretizam ou se traduzem em benefícios diretos para a população.

Tomara, ao menos, que Uldurico Júnior destoe, nem que seja um pouco,  do seu DNA.

 

09/10/2014
por Miro
Vereador Dilmo Santiago mostra que é bom de papo e ruim de voto

 

Considerado um dos maiores vexames eleitorais desta eleição, depois de ter se vangloriado por diversas vezes de ser o "único representante  do PSB na região", o vereador Dilmo Santiago mostrou, com a sua inexpressiva votação, que até pode ser bom de papo, mas de voto, não.

Tanto isso é verdade que  Dilmo amargou, como candidato a deputado estadual,  apenas 2.248 votos no total, perdendo até mesmo pro seu colega Coréa, que obteve 3.853 votos como deputado federal.

Os votos de Dilmo em Porto Seguro foram 03 na Agrovila, 1685 no Arraial, 0 no Assentamento Chico Mendes, 14 no Cambolo, 48 no Campinho, 120 em Caraíva, 99 no Centro, 55 no Frei Calixto, 5 em Itaporanga, 82 no Vila Verde (Colégio Modelo), 0 no Mercado do Povo, 12 no Mirante Caravelas, 26 no Pacatá, 7  no Paraguai, 9 em Pindorama, 1 no Queimado, 1 em São Geraldo, 37 em Trancoso, 1 no Ubaldinão, 35 em Vale Verde e 8 em Vera Cruz.

Enfim, uma vergonha. Aliás, bem à altura do seu inexpressivo mandato como vereador. 





PUBLICIDADE
CLASSIFICADOS
BUSCAR NOS CLASSIFICADOS






PASSANDO A LIMPO # 03-09-2014 RADIO BRILHO DO SOL * MIRO PAUTZ COMENTA LIBERAÇÃO DA CANDIDATURA DE ROBERIO A DEPUTADO E ARQUIVAMENTO DE PROCESSO.


PASSANDO A LIMPO # 18-08-2014 RADIO BRILHO DO SOL * DANILO SUPRILAR DEIXA A BASE DO GOVERNO EM PORTO SEGURO ATIRANDO; MIRO PAUTZ COMENTA POSTURA "VARIÁVEL" DO VEREADOR E FALA SOBRE O QUE ESTÁ POR TRÁS DAS ATITUDES DO EDIL.


PASSANDO A LIMPO # 20-10-2014 * MIRO PAUTZ ENTREVISTOU O DEPUTADO ROBÉRIO OLIVEIRA E A PREFEITA CLÁUDIA OLIVEIRA, QUE FALARAM SOBRE AS NOVAS HABITAÇÕES QUE SERÃO CONSTRUÍDAS EM PORTO SEGURO ATRAVÉS DO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA


PASSANDO A LIMPO # 23-09-2014


BAND NOTICIAS # 23-10-2014


BAND NOTICIAS # 22-10-2014 * O PROGRAMA DESTA QUARTA TEVE ENTREVISTA COM JOAQUIM GASPAR, PRESIDENTE DO INPAC, SOBRE A PARCERIA BRASIL-PORTUGAL. TAMBÉM RECEBEMOS O DEPUTADO ROBÉRIO OLIVEIRA, PARA PROMOVER A CARREATA E CAMINHADA DA VITÓRIA.


PUBLICIDADE
ENQUETE
Como você avalia atualmente o trabalho realizado pela prefeita Cláudia Oliveira?

Excelente
Bom
Regular
Ruim

     

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VERSÃO ANTERIOR
- Rede Topa Tudo
- Blog do Miro